OCUPAÇÃO FACED TERMINA COM VITÓRIA

Os estudantes da UFRGS, na busca de reconquistar os espaços de convivência que vem sendo atacados pela reitoria, conquistaram com muita luta as chaves do antigo café FACED. Foi dado empréstimo do espaço por 90 dias, prorrogável.

A ocupação começou na quarta-feira dia 10 de Julho, com uma festa junina surpresa. Aproximadamente 50 pessoas agitavam o local na data e entraram ao som de quadrilha no local, que estava servindo de depósito de materiais inutilizados, tal qual o terraço da nossa faculdade. Desde a saída do bar da FACED, por causa de dívidas de aluguel, os alunos do DAFE – Diretório Acadêmico da Faculdade de Educação se mobilizaram em requerer o espaço para uso pelos estudantes, com gestão autônoma. A saída foi ontem, às 13h30min, com assinatura de acordo entre a direção e o movimento. O DAFE ganhou posse das chaves e o espaço está cedido por 90 dias, enquanto uma comissão trabalha para analisar a proposta de uso permanente. Os debates se darão no Conselho da Unidade da FACED.

Diante da burocracia da UFRGS, vários cursos se somaram ao DAFE, DCE – Diretório Central do Estudantes UFRGS e APG – Associação dos Pós-graduandos, para ocupar o local. A política que vem sendo praticada há muito tempo pelo reitor Carlos Alexandre Netto é de diminuir as possibilidades de uso dos espaços para festas e eventos. No início do ano letivo, quase todos os diretórios acadêmicos foram proibidos de realizar festas dentro de seus próprios espaços. Uma das prováveis causas levantadas pelos alunos é sobre o impacto negativo que a tragédia de Santa Maria causou, embora festas em locais abertos, como próprio pátio do campus central, também são proibidas. O DAFA também não está permitido à fazer festas grandes, como vinham sendo feitas nas ultimas gestões, nas quintas-feiras.

 

Todo o descontentamento e dificuldade em expressar a liberdade de reunião e de politização entre os alunos foi grande parte da causa da ocupação, que estendeu bandeira pedindo mais “cultura, diversão e arte”. A luta, porém, ainda seguirá para a garantia da assinatura de uma cessão definitiva (que passará pela avaliação de várias instâncias da FACED). O movimento avança e todos os alunos estão convidados a tomar novamente os espaços que antes eram livres. A gestão autônoma, feita pelos estudantes, é pauta forte do movimento. A idéia que surgiu da ocupação era de que o espaço de cozinha e serviços seria a sede própria do DAFE, e a sala da frente seria uma espécie de Centro de Vivência Centro, sob gestão do DAFE. Se você tem dúvidas quanto ao movimento, participe das reuniões, conheça gente de outros cursos, proponha atividades e amplie a força do movimento estudantil.

O DAFA, no segundo dia de ocupação, emprestou seu velho freezer e um fogareiro para a ocupação. Alunos também compareceram e o DAFA mantém apoio ao movimento.

Apesar do empréstimo garantido, constam várias cláusulas de restrições para atividades (festas não são permitidas). Diferente do DAFA, o espaço não tem ligação física com o saguão da FACED, podendo, logo, ser aberto e fechado de maneira independente do prédio, o que teoricamente facilita a segurança dos bens da unidade. Você concorda com a permissão de festas? E consumo de bebidas?

Deixamos nossos parabéns ao DAFE, que puxou essa luta, e a todos os guerreiros que permaneceram 23 dias dando força a esse movimento. Os acordos firmados, bem como agenda de atividades e registros da ocupação estão na página da ocupação, no facebook:

https://www.facebook.com/ocupafaced

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s